Cranberry Sauce com Tangerina

November 27, 2013

CHEF-PATY-banner-THANKSGIVING_01

Cranberry Sauce 2

A fruta americana cranberry em seu estado fresco é super rara no Brasil. Por aqui ela só aparece nessa época do ano – novembro/dezembro-. É muito usada para problemas relacionados ao trato urinário e é excelente no tratamento para quem sofre com cistite crónica. Devido a sua popularização já se pode encontrar em diversos supermercados o suco industrializado de cranberry pelo mundo afora.

Cranbery Sauce 1

O cranberry sauce – molho de cranberry- é um molho muito tradicional que geralmente só é feito no jantar de Thanksgiving para acompanhar o peru assado. Tem muitas formas de fazer o molho que o deixam com consistencias diferentes. Já provei e testei várias receitas até chegar a essa que estou dividindo com vocês hoje. Geralmente faço com laranjas, mas resolvi inovar e usar a tangerina. Se você vive no Brasil talvez encontre a fruta congelada. Se não achar tente substituir por carambola. A carambola é até mais gostosa que a cranberry rsrs se fizer me conte nos comentários.

Compartilhar
filed under: RECEITAS, SEM GLÚTEN

Bolo de Maçã com Canela

September 20, 2013

Bem vindo seja o Outono que nos trás o ventinho gelado pela manhã, as tardes mais curtas apimentadas pela vontade de tomar um chazinho, as folhas que caem e fazem das ruas um tapete lindo em tons que variam do amarelo ao marrom e os ingredientes da temporada, tais como maçã, abóbora, canela, figo, pêra e batata doce.

Bolo de Maçã 7
Esta semana que passou, uma senhorinha chinesa, vizinha querida, foi colher maçãs orgânicas em uma fazenda e me trouxe uma sacola cheia de maçãs de diferentes tipos de presente. E é claro que a primeira coisa que me veio à cabeça foi BOLO!!! Risos
Ai, busquei meu caderninho de receitas e resolvi fazer uma Receita que a Dna Bia (sim, a mesma do post anterior) me ensinou em uma conversa que tivemos ao telefone mesmo, pois eu jà morava aqui nos EUA.
Esta receita, se você anotou a de cenoura notará que são muito parecidas…destas receitas que toda avó (as futuras também) precisa saber fazer de cabeça, sabe? Muito fácil, prática e claro, cheia de amor…um bolo que vai perfumar a casa e aquecer o coração durante todo o outono…

Bolo de Maçã com Canela
Ingredientes:
2 maçãs bem picadinhas com casca e tudo,
Cascas picadas de outras 3 maçãs,
3 ovos inteiros,
3/4 de xícara de óleo de canola ou milho,
2 xícaras de açúcar refinado,
3 xícaras de farinha de trigo peneirada,
1 colher de sobremesa de fermento em pó,
2 maçãs descascadas e bem picadinhas,
Canela e açúcar à gosto.

Bolo de Maçã 3

Modo de Preparo:
Pré aqueça o forno à 180C/350F.
Unte uma forma retangular média com manteiga e farinha. Reserve
No liquidificador, acrescente as maçãs picadas, as cascas, os ovos e o óleo e bata tudo.
Em uma tigela misture bem o açúcar e a farinha de trigo. Despeje a mistura do liquidificador na tigela e mexa de baixo para cima com o auxilio de uma espátula. Mexa somente o suficiente para misturar muito bem os ingredientes. Em seguida, acrescente um pouco de canela e o fermento. Novamente, mexa o suficiente para misturá-los completamente.
Despeje a massa de bolo na forma, esparrame por cima as maçãs picadinhas, polvilhe canela e açúcar.
Leve ao forno por 50 minutos ou até que o palito saia seco e esteja dourado.
Para finalizar, desenforme e polvilhe açúcar de confeiteiro.

Bolo de Maçã foto 2

Bolo de Maçã 4

Dicas:

– Use maçãs verdes se puder. Já fiz com todos os tipos e as verdes são mais azedinhas, balanceando a dança de sabores que este bolo traz;
– quanto mais açúcar vc jogar por cima, mais crocante ficará a crosta que se forma….;
– sirva este bolo em um café da tarde, acompanhado do chá de sua preferência. É a melhor das combinações;
– Seja feliz. Sempre =]

Bolo de Maç~5

Bon Appétit!!!

Bjos,

Fer Flaiban

Fotos: Fernanda Flaiban – @flaiban / ferflaiban@chefpaty.com

filed under: VIDEOS

Melick’s Town Farm – Roteiros NJ

September 8, 2013

Quando eu vivia na Florida morria de vontade de ir em um pomar para colher laranjas. Sempre estava pesquisando sobre possíveis fazendas abertas ao público. Acabei mudando para o norte do país antes de conseguir fazer esse passeio. Assim que cheguei em New Jersey comecei a procurar um town farm para poder colher maçã e um casal de amigos nos recomendou o Melick’s Town Farm.

20120903-0932111

20120903-0932112

E lá fomos nós em uma manhã de sábado ensolarada para o pomar que fica em Califon, New Jersey colher maçãs e pêssegos. Chegamos no local e fomos direto em uma lojinha que fica na entrada aonde eles vendem várias hortaliças, tomates, abóboras, geleias e tortas caseiras. Alí também se encontram os cestos que serão usados para colher as frutas e um mapa explicando aonde cada variedade de maçã e pêssego fica localizado.

20120903-0932112-002

Meu marido pegou um cesto e saímos em direção ao pé de honey crisp apples. Pelo caminho encontramos outras variedades, se não me engano eles plantam mais de 6 variedades de maçã. Dá vontade de colher da árvore e já abocanhar a maçã vermelhinha, mas como eles usam um tipo leve de inseticida eles recomendam não consumir antes de lavar. Outra recomendação feita pela direção do local é colher somente o que você pretende adquirir. Parece óbvio, mas quando você está na frente do pé cheio de maçã, uma mais linda que a outra, dá vontade de colher todas. Ai na hora de pagar pesa no bolso. A libra estava $2.49 no dia em que fomos.

20120903-0932112-001

Foi maravilhoso ter esse contato com a natureza. Poder colher o alimento e levar para casa sabendo exatamente de onde veio foi uma sensação espetacular. Já estou ansiosa para voltar lá e colher mais maçãs e dá próxima vez acho que vou encontrar abóboras também. Para mais informações visite o website clicando aqui.

Bjos,

Paty

Fotos: Paty Magalhaes

filed under: VIDEOS

Carpaccio da Abacaxi com Coco

April 7, 2013

Ou deconstructed Pinã Colada Carpaccio

O nome está complicado mas a receita é moleza… Prometo :)

Há tempos está rolando um trend aqui nos Estados Unidos de deconstructed food, que  nada mais é você pegar um prato típico, ‘desmontá-lo’, separando os componentes para depois  juntá-los novamente mas de uma forma diferente e criativa. Foi mais ou menos o que eu fiz com a receita de hoje. Pode parecer cliché, mas eu amo Pinã Colada. Esse drink tão saboroso e tropical contêm muitas calorias e por isso tenho evitado. Eu tinha comprado um abacaxi super docinho semana passada e ao fatia-lo para comer no lanche da tarde me lembrei dos carpaccios de frutas que a minha musa nutricionista Carol Morais faz com frutas fatiadas, castanhas e óleo de coco. Eu tinha todos os ingredientes em casa  e resolvi fazer uma versão do carpaccio que me lembrasse os sabores de um dos meus drinks preferidos, sem o rum é claro. Preciso dizer que ficou uma delícia e me senti super leve e desintoxicada. Ao contrário do efeito pós drinks alcoólicos que te deixam inchadas e engordam. Super recomendo como lanche da manhã ou da tarde. E para muitas outras dicas de nutrição visite o site da Carol, clicando no nome dela ali em cima.

 Deconstructed Pinã Colada Carpaccio  – sem rum

Ingredientes:

1/2  abacaxi pequeno cortado em fatias bem finas – as minhas não estão tão finas por que já tinha fatiado quando pensei em fazer o carpaccio

5 amêndoas  picadas – eu usei amêndoas marcona sem sal-

2 folhas de hortelã picadas

2 colheres de chá e óleo de coco derretido

1 colher de chá de coco ralado sem açúcar

 

Modo de Preparo:

Em um prato coloque as fatias, salpique as amêndoas e o hortelã. Com ajuda de uma colher tempere com o óleo de coco e finalize salpicando o coco ralado. E ta-daaa está prontíssimo. Se joga que é saudável amiga 😉

photo-19

filed under: VIDEOS

mamão grelhado com limão taiti e iogurte de coco

March 25, 2013

IMG_1960

Eu cresci comendo de tudo. Nunca fui do tipo fresca, pelo contrário, tudo que a minha avó me falava que era gostoso – de legumes á língua de vaca frita – eu comia. Na verdade eu queria ser como ela, uma boa cozinheira, e para isso precisava conhecer todos os sabores que vinham ao meu alcance.

Passei a maior parte da minha infância vivendo nos Estados Unidos, mais precisamente  Nova York e Miami na decada de 80. As frutas não eram lá grandes coisas. Me lembro de comer laranja, maçã, banana, pêra, uvas e pêssegos, aquela coisa bem típica americana.  Em 1994 nos mudamos para a África do Sul, lá comecei a conhecer novas frutas como lychee, maracujá e mamão.  Achava o máximo aqueles sabores exóticos, tão diferentes do que eu estava acostumada a comer nos Estados Unidos.

Dois anos depois minha família voltou a residir no Brasil. Ai sim meus olhos se abriram para um mundo recheado de frutas maravilhosas como manga de todos os tamanhos, fruta do conde, caju, carambola, acerola, jaca, jabuticaba – comia direto do pé na casa da minha Tia Luiza-.

Hoje em dia eu vivo em Nova York e para minha alegria e de muitos que vivem aqui,  graças ao slow food moviment, whole foods e farmers markets espalhados por todos os cantos temos acesso fácil a frutas e legumes de qualidade, orgânicos e de fazendas locais . Aquela coisa de enlatado e congelado já é bem menos usado por aqui. E graças a toda informação que temos acesso em livros e na internet, eu aprendi a comer de acordo com o que está na época.  Seguindo essa regra sempre consumimos as frutas quando estão com o melhor sabor possível e com o preço ótimo. Também procuro comprar orgânicos e produtos de fazendas locais para ajudar a comunidade.

No momento estamos saindo de um inverno super pesado e entrando na primavera. Estou ansiosa para me jogar nas delicias que estão por vir. Mas enquanto não chegam eu estou quebrando um pouco a minha regra de comprar local produce e estou comprando alguns importados orgânicos para matar minha vontade de comer frutas.

IMG_1958

Por agora ficamos com essa receita deliciosa de mamão grelhado com limão verde e iogurte de coco. A receita é adaptada do livro “Dinner at Home”da Martha Stewart com uma receita do livro lindo a Sophia Dahl. Eu achei super interesante o fato de grelhar o mamão, fiquei curiosa e tive que provar. O resultado foi surpreendente! O mamão quentinho com o gelado do iogurte e o azedinho do limão, gente ficou TUDO!!!

Só pra vocês terem noção de como é bommm!! Assim ficou o prato no final da refeição…

IMG_1961

Mamão Grelhado com Limão Verde e Iogurte de Coco

serve 2 pessoas

 Ingredientes

2 fatias médias de mamão maduro

1/2 copo de iogurte natural sem açúcar

1 colher de sopa de agave

2 colheres de chá de suco de limão taiti

1/2 limão taiti para temperar o mamão

1/4 copo de coco ralado adoçado

Modo de Preparo

 Coloque uma das pratileiras do forno bem na parte de cima, e ligue o forno no modo para grelhar. Em uma frigideira toste o coco ralado com cuidado, quando estiver dourado retire do fogo e deixe esfriar. Em uma vasilha misture o iogurte, o agave, o suco de limão e o coco tostado – reserve um pouco para decorar no final-. Prove e ajuste com mais agave ou suco de limão de acordo com o seu paladar.

Coloque o iogurte na geladeira. Em uma forma que vá ao forno coloque as fatias de mamão e esprema meio limão nas fatias e deixe grelhar. Fique de olho por que pode queimar em questão de segundos! Retire as fatias do forno com cuidado e coloque nos pratos. Divida o iogurte entre os dois pratos e decore com o coco reservado e fatias de limão. Sirva imediatamente.

fotos: Paty Magalhaes

filed under: RECEITAS